O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é um dos principais meios de ingresso nas universidades do país. No último domingo, 24, foi realizada a segunda prova da versão impressa do Enem 2020. A primeira aplicação foi no dia 17 de janeiro.

A estrutura do exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Para quem optou pela versão digital – uma novidade no processo – as provas serão realizadas no dia 31 de janeiro e 07 de fevereiro.

A divulgação dos resultados está prevista para o dia 29 de março.

Reaplicação – Os candidatos que apresentaram sintomas de Covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa, na véspera ou nos dias de prova, podem solicitar a reaplicação. O pedido deve ser feito na página do participante, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo para a solicitação vai até o dia 29 de janeiro.

O candidato que solicitar a reaplicação deve consultar a aprovação ou reprovação do seu pedido, também no site do Inep, a partir do dia 12 de fevereiro. A reaplicação está prevista em edital do Enem e ocorre em todas as edições. Para o Enem 2020, a reaplicação será em 23 e 24 de fevereiro.

(Com informações do Inep)