Reunir boas histórias e momentos marcantes durante o período escolar. Cultivar amizades e ter aquela lembrança especial que nunca será esquecida. No quadro “Minha história no Equipe”, os alunos dividem acontecimentos que fizeram diferença durante sua passagem pelo colégio.

No segundo episódio, a aluna Adrielly Rocha, do 1º ano do Ensino Médio, nos conta sobre momentos de superação e de como fazer parte do Clube de Artes, da unidade Cidade Nova, foi inesquecível em sua trajetória. “Quando eu entrei pro Clube de Artes eu tava muito nervosa porque eu acreditava que eu não era boa o suficiente pra tocar, eu achava que as pessoas não iam gostar. Tocar, pra mim, é uma forma de se expressar, é uma forma de eu pôr pra fora o que eu tô sentindo, então eu me senti mais leve pra poder tocar. Foi uma sensação de realização tão grande”, conta.

A aluna também destaca que sempre se sentiu amparada e que pôde dividir seus anseios com toda a equipe do colégio. “Eu pude ser ouvida, acho que foi isso que me marcou. Principalmente no Equipe, o fato de eu poder ser ouvida. E uma coisa que me marcou, que não foi necessariamente comigo, mas que eu lembro até hoje, é que a hashtag #vocênãoestásozinho, que é do Equipe, ficou até mesmo depois da campanha do Setembro Amarelo, que mostra que eles se importam realmente, não é só um mês, é todo o ano”, diz.

Assista ao vídeo com o depoimento da aluna em nosso Instagram.

Em nosso canal do YouTube você vai poder acompanhar todos os vídeos que serão publicados na série “Minha história no Equipe”. Não perca!