A II Mostra Científico-Cultural do Colégio Equipe já é neste sábado (14). Os estudantes do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) apresentarão seus trabalhos com base no tema gerador “Belém, Cidade Educadora”, que foi pensado devido a importância da escola para a prática cidadã e para o ensino significativo. O evento será de 08h às 12h, na Unidade Cristal.

Para a apresentação na Mostra Científico-Cultural, os alunos passarão por todas as fases: pesquisa bibliográfica sobre as temáticas dos projetos de pesquisa, trabalho de campo e produção da pesquisa. Além da relevância para a prática cidadã, os trabalhos vão abordar pontos relevantes da questão urbana como desafios para uma cidade educadora e para o ensino e aprendizagem no mundo contemporâneo.

Foram formados eixos temáticos que se subdividiram em vários projetos de pesquisa. O tema dos alunos do 6º ano será “Eita! Pará Pai d´égua!”, abordando o eixo temático da diversidade étnico-racial na construção da identidade cultural de Belém, investigando o Mercado do Ver-o-Peso como importante pólo da cultura e da identidade paraense. Os subtemas trabalhados pelos grupos serão culinária, artesanato, ervas medicinais, dança e música e lendas.

O 7º ano irá apresentar “A natureza na cidade: fauna e flora”, baseando-se no fato de Belém possuir grande concentração de áreas verdes e rica biodiversidade. Os alunos irão destacar a importância da preservação da fauna e da flora nos seguintes subtópicos: rio (poluição), floresta (desmatamento), ruas (lixo), fauna (maus tratos a animais), fauna (extinção dos animais) e desperdício de água.

“Um futuro com energia sustentável” será o tema dos alunos do 8º ano. O objetivo é aprofundar os estudos em opções sustentáveis de energia, enfatizando a energia solar, eólica, biomassa e biocombustíveis, demostrando como estão pesquisas e formas de aplicação das mais importantes fontes de captação energética de Belém, além de opções de energia renovável.

Já os estudantes do 9º ano irão apresentar “Perife Ricos”, um projeto que irá mostrar o cotidiano da periferia de Belém, uma abordagem crítica acerca das questões sociais e de saúde pública vividas por essa parcela da população. O objetivo é contribuir de forma a apontar soluções para as problemáticas da cidade, valorizar a cultura e fomentar o conhecimento acerca das características da capital Paraense.