A inovação está presente nas mais diversas áreas. É um conceito que permite explorar e obter sucesso a partir de novas ideias. Em um mundo onde problemas socioambientais ocorrem em grande escala, aliar inovação à sustentabilidade se torna cada vez mais urgente e necessário. É uma maneira de preservar o meio ambiente e, também, alcançar novas oportunidades de mercado.

Os avanços tecnológicos trazem grandes melhorias para a sociedade, em diversos campos (transporte, saúde, moradia, etc). Por outro lado, causam impactos ao meio ambiente. Por muitos anos, não se deu a devida importância à esses impactos, mas atualmente o reconhecimento desses excessos trouxe novos valores à sociedade, que busca aliar inovação e sustentabilidade.

Os desafios são enormes. As organizações também são cobradas a adotar produções mais sustentáveis, buscando eficiência e valorizando boas práticas ambientais. Assim, o empresário se torna mais que um provedor de produtos, ocupando um espaço de articulação de novas tendências e construção de um futuro viável. Nesse contexto, em que para ser competitivo no mercado é fundamental ser também sustentável, inovação e sustentabilidade são indissociáveis.

Apesar da evolução tecnológica ajudar no processo de desenvolvimento sustentável, a inovação não se resume a usar a tecnologia para a criação de novos produtos ou serviços. Inovar é transformar os processos de produção e práticas de gestão, o que pode ser mais barato e simples do que imaginamos. Práticas como reduzir o uso de recursos não renováveis, aproveitar materiais e priorizar o uso de produtos sustentáveis são bons exemplos disso.

O uso da energia sustentável e a coleta seletiva de lixo, por exemplo, são apostas para um futuro com mais qualidade de vida para a população. Modificar o padrão de consumo também ajuda a promover melhorias. O consumo colaborativo é um deles, baseando-se na ideia de que itens e serviços podem ser emprestados, trocados e/ou compartilhados.

Para atingir o progresso econômico e a preservação do meio ambiente, será necessário promover a cooperação e a colaboração entre as organizações, que podem investir em formas de inovação que são capazes de suportar práticas de sustentabilidade. A tecnologia é uma importante aliada, com avanços em monitoramento à distância e redução de emissão de gases poluentes, por exemplo.

Num mundo em que a inovação é um caminho para o desenvolvimento sustentável, não é possível deixar de lado a importância que a educação tem em todo esse processo, agindo como um agente transformador da sociedade. A inovação tecnológica será cada vez mais abrangente se estiver acompanhada da melhoria da qualidade da educação. Não há inovação tecnológica sem inovação social.

(Com informações de Waycarbon e Futuri9)