“Alô, alô, alô papai, alô mamãe. Põe a vitrola pra tocar…”. A Universidade Federal do Pará divulgou o listão dos aprovados e logo a música-tema do vestibular já começou a tocar por aqui, porque, novamente, os alunos do Sistema de Ensino Equipe (SEE) são destaque no processo seletivo.

O resultado foi divulgado na manhã desta terça-feira (29). Entre os 10 primeiros colocados da UFPA, 6 são alunos do Equipe. Arthur Luiz Forte ficou em 4º lugar geral (Medicina), Matheus Rosa conquistou o 5º lugar geral (Medicina), Daniel Mackert ficou na 6º colocação geral e em 1º no curso de Medicina, Rodrigo Tavares obteve o 7º lugar geral (Engenharia Biomédica) e Douglas Palma e Silva ficou em 8º lugar geral (Engenharia Elétrica). O 9º lugar geral é de Rafael Barata (Medicina).

O listão da UFPA é um dos mais aguardados pelos alunos e um dos processos seletivos mais concorridos do país. Foram disponibilizadas 7.286 vagas para 132 cursos. Somente no curso de Medicina foram aprovados 45 alunos (39 do Equipe e 6 de escolas parceiras).

No Equipe, a preparação ao longo do ano vai além do conteúdo programático. “Tive muito apoio dos professores e dos colegas. O Equipe como um todo foi o direcionamento que eu precisava”, contou Daniel Mackert, calouro de Medicina. Ele também falou da rotina de estudos. “Vinha pra aula de manhã e estudava pela tarde. O principal segredo é você estudar para aprender e não para passar. Quem estuda para passar não aprende de verdade”, disse.

Amanda Blanco, caloura de Direito, tentou resumir a emoção da aprovação. “É como se 2018 coubesse todinho nesse dia. Todo o esforço vale a pena, é só ter foco que a gente chega onde quiser”, explicou ela, que também foi aprovada na Universidade de Brasília, Uepa e Cesupa.

Daniel Zahalan, aprovado em Medicina, relembrou o momento em que ouviu seu nome no listão. “Depois de tanto tempo estudando, um ano tão difícil, é muito bom quando você escuta e vê que finalmente conseguiu”, disse.

Ver a emoção dos alunos também contagia os colaboradores que acompanharam a trajetória dos alunos. “O coração não aguenta, a felicidade é muito grande em saber que eles conseguiram conquistar o sonho deles e que nós, como equipe, conseguimos fazer parte deste momento tão importante”, afirmou Ana Paula Santos, diretora da unidade Integrado.