Feira de Profissões leva orientação vocacional a alunos de Belém

Qual carreira seguir? Qual curso e universidade escolher? As perguntas que mais afligem os estudantes do Ensino Médio ganham respostas na Feira de Profissões Equipe, que ocorre neste sábado (26), no Centur. Realizado anualmente pelo colégio, o evento é um momento de interação entre alunos e representantes de todas as instituições de ensino superior de Belém, privadas e públicas. A expectativa é que mais de mil pessoas passem pelo local.

De 8h às 15h, os visitantes poderão circular entre os estandes das faculdades e tirar as dúvidas sobre os cursos de graduação e mercado de trabalho. Os participantes terão ainda a chance de conhecer serviços e diferenciais que o Equipe oferece aos alunos, entre eles aulas de robótica, núcleo de artes e esportes, projetos internacionais, centro de inclusão e aplicativos com material didático e vídeo aulas. A Editora SEE também irá expor livros e materiais próprios, elaborados pelo corpo docente do colégio.

Além das atividades nos estandes, o público contará com ampla programação cultural. No auditório, o convite é para assistir às palestra “Pós-modernidade, um desafio de todos”, do professor Bruno Cicalise, e “Aspectos emocionais no processo de orientação profissional”, com o psicólogo e psicanalista Altiere Ponciano.

“O Equipe não se preocupa apenas em projetar os alunos para uma universidade, por meio da aprovação em processos seletivos. Queremos aproximar esses futuros profissionais da vivência e habilidades requeridas pelo mercado de trabalho. É muito importante que eles conheçam os diversos caminhos que podem seguir e com os quais mais se identificam”, afirma Joaci Lima, diretor pedagógico do Sistema de Ensino Equipe.

Feira de Profissões 2017

Teatro

Para encerrar a Feira, serão apresentados dois espetáculos, organizados pelo Núcleo de Artes Equipe e dirigidos pelo coordenador de projetos da instituição, Everton Pontes. Às 14h, alunas do Grupo de Teatro encenam a peça Nossa Casa, que aborda o dia a dia de cinco irmãs adolescentes, suas relações e questionamentos emocionais. O texto é uma metáfora do interior humano, na qual o termo “arrumar a casa” faz referência ao autoconhecimento que cada uma precisa ter para superar as crises existências.

Na sequência, será a vez do musical Os Sons de Notre Dame, livre adaptação do clássico francês Notre Dame de Paris, de Victor Hugo. Em pouco mais de 1h, a Paris medieval é ambientada em figurinos típicos e um cenário que representa, essencialmente, a fachada da catedral icônica, suas torres e degraus. As canções entoadas por atores-bailarinos e uma banda ao vivo narram com emoção a história do amor de Quasímodo, o corcunda, pela cigana Esmeralda.

Os Sons de Notre Dame em Canaã dos Carajás

Os dois espetáculos têm entrada franca.

Confira a programação completa da Feira:

8h – Abertura

9h às 9h30 – Apresentação Musical – Equipe Music

09h30 às 10h30 – Palestra Pós Modernidade, um desafio de todos. Palestrante: Professor Bruno Cicalise e convidados – Auditório Ismael Nery

11h às 12h – Palestra Aspectos emocionais no processo de orientação profissional. Palestrante: Psicólogo e psicanalista Altiere Ponciano – Auditório Ismael Nery

13h – Encerramento

14h – Apresentação dos musicais: “Nossa Casa” e “Os Sons de Notre Dame” – Teatro Margarida Schivasappa.

Instituições participantes:

  • Faci/Wynden
  • Unama
  • Estácio/Fap/Iesam
  • Cesupa
  • Ciaba
  • Esamaz
  • Famaz
  • Maurício de Nassau
  • Fapan
  • UFPA
  • UFRA
  • UEPA